Não rasure a poesia

Neste seu primeiro trabalho, o poeta Bruno Forster nos proporciona textos, em sua maioria, sobre o maior instinto sobre-humano; O AMOR! A paixão, também presente de forma intrínseca no amor, expressa numa escrita não prosaica. Outros textos fogem deste sentimento, mas ao mesmo tempo, mostram-se junto a ele, pois o que é a decepção, a dor, a amargura, a tristeza em lágrimas ou infelicidade, senão um amor errante por algo ou alguém. Na perspectiva do leitor, os textos apresentados em Não rasure a poesia são, no mínimo, pequeninas histórias verdadeiras, de uma vida ainda inacabada e tem a pretensão de homenagear, tudo e todos que fazem e fizeram parte do cotidiano. No aspecto pessoal, as 109 poesias criadas são definitivamente uma peregrinação particular, uma busca, não pela perfeição, e sim pelo poeta que existe e repousa sobre toda alma humana. Bruno Forster deseja com seus poemas levar ao leitor sensações próximas as quais experimentou ao elaborá-las.

Não rasure a poesia

REF: 9788563194169
R$35.90Preço
Autor
Gênero
Formato
Páginas
ISBN
Editora

    © 2016 by Livros Ilimitados. Conheça a editora: www.livrosilimitados.com.br